Design como ferramenta de conversão

Como criar artes de forma diferente e pensando em resultados e conversão?

O design é extremamente importante para uma marca. Diferentemente, do que muitos pensam, ele não serve apenas para deixar um produto esteticamente atraente, é por meio dele que, só de bater o olho, a pessoa identifica a marca do produto. Por exemplo: quando falamos de um refrigerante de latinha vermelha, tenho certeza de que na sua cabeça veio a imagem da Coca-Cola, certo? É isso que acontece quando se tem um bom design alinhado com o conceito de marca: fica mais fácil identificar o produto que está sendo oferecido.

Vamos usar um design voltado para a conversão, que visa à experiência do usuário, e não apenas à estética. Unindo as técnicas de criação e o comportamento do cliente, a partir dos tipos psicológicos relacionados ao público-alvo definido, começamos a entender como funciona essa conversão que vai gerar resultados para a empresa.

De acordo com um estudo da Microsoft, o limiar de atenção dos seres humanos reduziu de 12 segundos, após os anos 2000, e está em 8 segundos, ou seja, esse é o tempo que temos para conquistar a atenção do usuário. A experiência durante este curtíssimo espaço de tempo deve ser levada a algum tipo de ação, como, por exemplo, a captura de leads, que são informações de cadastro deixadas pelo usuário na página, permitindo que a marca faça um contato posterior.

Para facilitar a conversão e a captação de leads, o design conta com algumas técnicas e ferramentas, por exemplo, o CTA e os testes A/B, que são as mais utilizadas. Veja o que significam:

CTA – Call to Action:
é uma chamada para a ação que você deseja, ou seja, a intenção da sua página. Muito utilizada em sites, e-mails e anúncios, direciona o usuário ao que deve ser feito, como, por exemplo, um botão “INSCREVA-SE AQUI”, com cores em destaque e utilizando termos como “acesse”, “clique”. Utilizada seja para captação de lead ou para conversão em vendas.

Testes A/B: são usados para testar uma variável, como a cor do botão do CTA. Ele normalmente é implementado por meio de ferramentas específicas que mostram uma versão do site para 50% dos visitantes e outra para o restante. Desse modo, há como verificar a